segunda-feira, 24 de julho de 2017

A SUFICIÊNCIA DE CRISTO NA PRESERVAÇÃO DOS SALVOS.


Imagem relacionada
A SUFICIÊNCIA DE CRISTO NA PRESERVAÇÃO DOS SALVOS.

Desde agora ninguém me inquiete; porque trago no meu corpo as marcas do Senhor Jesus. (Gálatas 6:17- ACF).



INTRODUÇÃO

O crente, aquele que tem Jesus Cristo como o seu único e todo suficiente salvador, não pode viver ansioso, apreensivo, nervoso, irrequieto no tocante a salvação, pois ao cremos recebemos o selo do Espírito Santo (Efésios 1:12-13-ACF).
Em quem também vós estais, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação; e, tendo nele também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa”.
Estar selado em Jesus significa que o sangue de Cristo torna a nossa salvação inviolável, recebemos a MARCA do nosso Salvador, este fato nos torna propriedade de Deus (I Coríntios 6:20-ACF).  Não existindo, portanto, a menor possiblidade deste selo ser violado, não há, repetido a mínima probabilidade de sermos lançados fora, essa é uma garantia dada pelo próprio Cristo (João 6:37-ACF). Não podemos ir a Deus sem a participação do Filho, Ele é o único e verdadeiro Caminho (João 14:6-ACF).

Desde agora ninguém me inquiete; porque trago no meu corpo as marcas do Senhor Jesus. (Gálatas 6:17- ACF).

PRESERVADOS EM CRISTO.

 JUDAS, servo de Jesus Cristo, e irmão de Tiago, aos chamados, santificados em Deus Pai, e CONSERVADOS (preservados) por Jesus Cristo (Judas 1:1 -ACF).


Contrariando a máxima religiosa como, por exemplo, não seguir os sacramentos da igreja católica (Batismo, Confirmação, Eucaristia, Penitência, Extrema Unção, Ordem e Matrimônio) ou não perseverar até fim, o famoso T, do Tulip calvinista, a qual afirma que o homem que não se preservar poderá perder a salvação, a Bíblia proclama categoricamente que o crente é CONSERVADO/PRESERVADO (guardado, poupado, resguardado), por Jesus Cristo, que é o autor e CONSUMADOR da nossa fé (Hebreus 12:2-ACF).

Desde agora ninguém me inquiete; porque trago no meu corpo as marcas do Senhor Jesus. (Gálatas 6:17- ACF).


VIVA ESPERANÇA.

O nascer de novo nos garante uma herança incorruptível e incontaminável, a ressureição de Jesus Cristo nos assegura o maior de todos os TESOUROS que é a salvação ETERNA. Além do fato, de passarmos a ter o direito à tão grande maravilha, ainda recebemos a garantia que este tesouro está guardado em um local seguro. Ou seja, esta herança não está em nossas mãos, onde poderíamos troca-los os prazeres temporários do mundo (I Pedro 1:3-5-ACF). O depósito é guardado por Cristo, amado não existe lugar mais seguro do que este, devemos confiar Naquele que depositamos a nossa fé, pois ele PODEROSO e guardará o depósito até o fim. (II Timóteo 1:12-ACF).

Desde agora ninguém me inquiete; porque trago no meu corpo as marcas do Senhor Jesus. (Gálatas 6:17- ACF).

SEGURANÇA DOS SALVOS

A clareza escriturísticas com relação à segurança dos salvos é imponente (que se impõe por sua majestade, sua magnificência, suas dimensões ou proporções), temos a palavra de Cristo afirmando que as Suas ovelhas possuem a vida eterna e que NUNCA IRÃO PERECER, para consolidar ainda mais esta afirmação o nosso Salvador, explica por que impossível perde-las, elas estão guardadas nas mãos de Deus e em Suas próprias mãos (João 10:27-29-ACF). Esta segurança é fruto da obra e interseção de Cristo (Hebreus 7:25-ACF), que por Sua justiça nos fez alcançar a fé igualmente preciosa ( II Pedro 1:1-ACF).

Desde agora ninguém me inquiete; porque trago no meu corpo as marcas do Senhor Jesus. (Gálatas 6:17- ACF).

CRISTO É O NOSSO SUBSTITUTO.

O caminho que levou o Nosso Senhor àquele maldito calvário, foi horrendo e humilhante, o castigo que antes estava preparado para nós pecadores foi pago através do seu precioso SANGUE, Ele foi ferido por nossas transgressões e moído por causa das nossas iniquidades (Isaías 53:5-ACF). Este sacrifício por si só é SUFICIENTE para salvar todo àquele que se achegar a Deus, através da fé na morte e ressureição do Seu Filho. Naquela cruz padeceu uma única vez o Justo pelos injustos (I Pedro 3:18-ACF). Cristo levou os pecados de todos aqueles que Nele creem e ressuscitou para justifica-los (Romanos 4:25-ACF).  

Desde agora ninguém me inquiete; porque trago no meu corpo as marcas do Senhor Jesus. (Gálatas 6:17- ACF).

CONCLUSÃO

Quando pensamos diferente disso (que podemos perder a salvação) estamos simplesmente crucificando Cristo novamente, e o que é pior estamos Lhe expondo ao vitupério (palavra, atitude ou gesto que tem o poder de ofender a dignidade ou a honra de alguém; afronta, insulto) , ou seja, estamos ofendendo a honra e a dignidade de Jesus (Hebreus 6:6), afirmando que o Seu sacrifício não foi suficiente para nos salvar. “Mas este, havendo oferecido para sempre um único sacrifício pelos pecados, está assentado à destra de Deus” (Hebreus 10:12).
Desde agora ninguém me inquiete; porque trago no meu corpo as marcas do Senhor Jesus. (Gálatas 6:17- ACF).


Walter Costa

Estudo aplicado nas conferências de Aniversário da IBBF Soledade, julho de 2017.
Bibliografia:
Bíblia Almeida Corrigida e Fiel.
 Livro Bíblia, Sim! Calvino e Armínio, Não! Hélio de Meneses.
Declaração de Fé Católica (06.01.1870), também conhecido como Concílio Ecumênico do Vaticano I (Anos de 1869 a 1870).


Nenhum comentário:

Postar um comentário