segunda-feira, 17 de abril de 2017

HERESIAS CONTRA A SÃ DOUTRINA


Resultado de imagem para HERESIAS CONTRA A SÃ DOUTRINA

HERESIAS CONTRA A  SÃ DOUTRINA

 Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo coceiras nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências (II Timóteo 4:3-ACF).

Introdução

A Sã Doutrina é o conjunto de ensinamentos deixado por Deus. Portanto os mandamentos contidos nas Sagradas Escrituras devem ser seguidos, sem qualquer tipo de objeções ou transmutação, não podemos em hipótese alguma ir além do que está escrito.
E eu, irmãos, apliquei estas coisas, por semelhança, a mim e a Apolo, por amor de vós; para que em nós aprendais a não ir além do que está escrito, não vos ensoberbecendo a favor de um contra outro (I Coríntios 4:6-ACF).

Sabemos que o principal inimigo da Sã Doutrina é satanás e que como tal irá buscar de todas as maneiras, aniquilar a verdadeira doutrina trazida dos céus por Cristo.
Jesus lhes respondeu, e disse: A minha doutrina não é minha, mas daquele que me enviou. (João 7:16-ACF)

Para conseguir tal feito, ele usará o seu exército de hostes infernais do mal para combater aqueles que praticam e defendem a Sã Doutrina.
Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais. (Efésios 6:12 ACF )

Com base na Bíblia que é literalmente a Palavra de Deus escrita, a verdade revelada desde princípio e que dura para sempre (Salmos 119:160). Iremos demonstrar as principais artimanhas usadas por satanás, para introduzir a sua falsa e diabólica doutrina, tentando destruir a boa semente que foi semeada no campo pelo Senhor. Ele busca evitar o crescimento do trigo, jogando a semente do joio, o qual é muito semelhante ao trigo em aparência.  Ou seja, o enganador apresenta um evangelho parecido com o de Cristo, que leva multidões de não salvos a serem enganados. “Este tal é o enganador e o anticristo”. (II João 1:7-B ACF).
Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira(João 8:44- ACF).

Sendo o pai da mentira o Diabo usa seus filhos  para produzirem situações que aparentam certa verdade, porém são mentiras disfarçadas, em geral as fábulas criadas por santanás colocam na cabeça do homem que ele o centro de tudo. Quando isso ocorre o indivídou passar a acreditar que tudo deve caminhar a seu favor e que é merecedor dos dons celestiais. São várias as mentiras introduizidas por satanás no meio religioso e todas elas tiram a soberania de Deus. Destacaremos as principais heresias que buscam destruir a Sã Doutrina.

1-Salvação pelas obras : Esta talvéz seja a principal mentira que satanás introduziu no meio dos perdidos, muitos creem que são as sua obras de justiça que as levarão para a eternidade ao lado de Cristo, esquecem que as nossas obras são como trapo de imundícia.
 Mas todos nós somos como o imundo, e todas as nossas justiças como trapo da imundícia; e todos nós murchamos como a folha, e as nossas iniquidades como um vento nos arrebatam. (Isaías 64:6-ACF).

A VERDADE BÍBLICA: Efésios 2:8-10-ACF

2-Livre árbitrio: O sagaz inimigo conseguiu astutamente incutir na mente de alguns homens, que os mesmos são livres e que através de sua própria vontade desejam vir ou não a Deus, que podem decidir o momento de vir até o Salvador.
 “
E não quereis vir a mim para terdes vida.” (João 5:40-ACF).
A palavra de Deus mostrar que nós homens estamos mortos “para terdes vida”, se estamos mortos, logo não iremos a lugar nenhum. Lemos implicitamente que o homem precisa de uma vida além da vida carnal (João 3:5) Quando Adão comeu o fruto da árvore proibida, o homem teve decretado à morte espiritual (Gênesis 2:17-ACF), ou seja, estamos legalmente mortos e o que é pior já estamos condenados (João 3:18-ACF). Precisamos de um substituto, alguém possa nos vivificar dos nossos pecados e ofensas.
E VOS vivificou, estando vós mortos em ofensas e pecados (Efésios 2:1-ACF).

A VERDADE BÍBLICA: (João 1:12-13-ACF).

3-Todos são filhos de Deus: Talvez essa seja a mentira que satanás mais gosta de contar, a frase “eu também sou filho de Deus” é dita por quase a totalidade dos perdidos (com execeção do ateísmo). Não sabem eles que o homem sem Cristo está perdido e é apenas uma criatura de Deus. Paulo disse que os crentes “noutro tempo” (antes de serem crentes)  estavam “sem Cristo, separados da comunidade de Israel... não tendo Esperança, e sem Deus no mundo,” (Efésios 2:11-13-ACF). Antes de Cristo somos por natureza filhos da irá.

Entre os quais todos nós também antes andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como os outros também (Efésios 2:3-ACF).
A VERDADE BÍBLICA: (Romanos 8:14-17  ACF)

4-Todos os caminhos levam a Deus: Um grande parceiro do diabo para disseminar as suas mentiras é o mundo da religião. Apesar de existir no universo religioso certo apelo emocional sobre a busca por Deus, este simplesmente é absorvido quando, satanás introduz de forma eficaz e sorrateira a exclusão de Cristo como o único fundamento válido para salvação.
Porque ninguém pode pôr outro fundamento além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo. (I Coríntios 3:11-ACF).

Há maioria dos seres humanos não acreditam em um Deus soberano, que mostra a podreficação do homem e que apesar disso, deu o Seu filho unigênito para todo aquele que Nele crer tenha a vida eterna (João 3:16-ACF). E por este motivo inventam um “deus” que “barganha” o processo de salvação permitindo que certas pessoas entrem no céu através de caminhos alternativos, como por exemplo: ser batizada; ser membro de tal grupo religioso; cumprir as regras ditadas por homens; fazer caridade, ou seja, estas pessoas não buscam um relacionamento verdadeiro com Deus, que é soberano e realizar todo segundo o conselho de sua vontade (Efésios 1:11-ACF). O único caminho é Cristo.
A VERDADE BÍBLICA: (João 14:6-ACF).
Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim”.
5- Perda da salvação: As falhas doutrinárias contidas no meio religioso em geral, são escancaradas no que diz respeito a perda da salvação. A doutrina da perda da salvação é sem sombra de dúvida a maior heresia, contra a obra vicaria de Jesus Cristo e contra a Sã Doutrina. Satanás incutiu na mente dos homens, que Cristo salva, porém esta salvação não é perfeita (nem eterna), que o pecador e resposável para se manter salvo. Fato este contrário a Sagrada Escritura que afirma que a salvação daqueles que creem em Deus é eterna (João 3:36; 05:24; 6: 47,51; 10:28-ACF) A Palavra de Deus é clara com relação à salvação todo aquele que crer verdadeiramente em Cristo tem a vida eterna. Em determinados momentos de nossas vidas podemos escorregar e cair na vontade da carne, podemos até perecermos na carne (I Coríntios 5:5-ACF), isso irá trazer grandes problemas e decadência espiritual. Porém, nunca, jamais em hipótese alguma iremos perecer eternamente. Não existe a possibilidade, por menor que seja da criatura influenciar o Criador. O homem não pode fazer nada para alterar a vontade de Deus, somos gerados unicamente pela vontade Dele, através da Palavra da Verdade. Essa geração vem de uma semente incorruptível, perfeita e que permanecerá para sempre (I Pedro 1:23-ACF).
Sendo de novo gerados, não de semente corruptível, mas da incorruptível, pela palavra de Deus, viva, e que permanece para sempre”.

A VERDADE BÍBLICA: (Romanos 8:33-34-ACF).

6- Doutrina estranha: O salvo tem uma ordem bíblica para não se deixar levar por  doutrina estranhas (Hebreus 13:9). Não vos deixeis levar em redor por doutrinas várias e estranhas, porque bom é que o coração se fortifique com graça, e não com alimentos que de nada aproveitaram aos que a eles se entregaram.   Entretanto o inimigo introduziu de forma ativa e perspicaz doutrinas que são preceitos de homens (Mateus 15:9-ACF). Esta falsa doutrina tem levado milhões de infiéis as falsas igrejas, os quais não se conforma com as sãs palavras de Cristo e se entregaram as dissolutas e pervesas contendas de homens corruptos (I Timóteo 6:3-5-ACF).Se alguém ensina alguma outra doutrina, e se não conforma com as sãs palavras de nosso Senhor Jesus Cristo, e com a doutrina que é segundo a piedade. É soberbo, e nada sabe, mas delira acerca de questões e contendas de palavras, das quais nascem invejas, porfias, blasfêmias, ruins suspeitas”.
A VERDADE BÍBLICA: (Tito 1:9 -ACF).
Retendo firme a fiel palavra, que é conforme a doutrina, para que seja poderoso, tanto para admoestar com a sã doutrina, como para convencer os contradizentes”.

CONCLUSÃO

A Bíblia mostra com clareza que muitos homens irão seguir a doutrina do inimigo, em detrimento da Sã Doutrina (I Timóteo 4:1-ACF). Tais homens não servem a Cristo mais ao seu próprio ventre. (Romanos 16:18-ACF). Esses homens são ladrões e lobos devoradores introduzidos no meio do rebanho de Cristo com o único objetivo de matar, roubar e destruir. (João 10:10 -ACF2007)
O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância”.
Vemos atualmente que os balcões comerciais chamados de “igreja” estão infectados por estes lobos, que são por natureza indoutos e inconstantes, que pouco conhecem das Escrituras, distorcendo- a ao seu bel prazer. Eles são usados pelo diabo para introduzirem encobertamente venenos contra a Sã Doutrina e o que é pior muitos seguirão as suas dissoluções. (II Pedro 2:1-3).
E TAMBÉM houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina perdição. E muitos seguirão as suas dissoluções, pelos quais será blasfemado o caminho da verdade. E por avareza farão de vós negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita.

Nós os batistas bíblicos fundamentalistas somos os atalaias (sentinela, vigia, guarda) da palavra de Deus, portanto devemos nos portar firmes, constantes e abundantes na obra do Senhor (I Coríntios 15:58-ACF ).Lutando com todas as forças contra as heresias impostas por satanás retendo fielmente a Sã Doutrina

 “Retendo firme a fiel palavra, que é conforme a doutrina, para que seja poderoso, tanto para admoestar com a sã doutrina, como para convencer os contradizentes”. (Tito 1:9- ACF).
TU, porém, fala o que 
convém à sã doutrina”  (Tito 2:1- ACF).

Ir. Walter Costa
Estudo aplicado no VII encontro nacional em defesa da Sã Doutrina-Esperança-PB.

sábado, 8 de abril de 2017

FILHOS POR ADOÇÃO


Resultado de imagem para filhos por adoção


FILHOS POR ADOÇÃO

Versículo: “E nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito de sua vontade” (Efésios 1:5).

Leitura Bíblica: (Romanos 8:12-17).

SIGNIFICADO DE ADOÇÃO (Dic. Aurélio On Line)

1- Ato ou efeito de adotar.
2 - Ato jurídico pelo qual se estabelece relação legal de filiação.

ADOÇÃO NA BÍBLIA
A palavra grega traduzida “adoção” é huiothesia, É uma palavra composta formada de huios — “filho”, e thesis — “colocar”. Portanto, seu sentido é “colocar como filho”, “dar a alguém a posição de filho”. Aparece apenas em Romanos 8:15,23; 9:4, Gálatas 4:5 e Efésios 1:5.

O HOMEM NATURAL
O homem em sua essência natural está afastado de Deus, entrelaçado nas armadilhas do diabo (II Timóteo 2:26), sendo por natureza filhos da ira (Efésios 2:3), vivendo as concupiscência da carne,  sem a menor chance de por conta própria de agradar a Deus (Romanos 8:8). Andávamos sem Deus no mundo (Efésios 2:12). Porém, através da expiação perfeita de Cristo, somos retirados da família da irá e nos tornamos filhos de Deus (Romanos 8: 16-17).
O QUE OCORRE PRIMEIRO A ADOÇÃO OU O NASCIMENTO
A adoção só ocorre após o novo nascimento (João 3:5). Ou seja, só poderão ser  adotados aqueles que nasceram da água e do espírito (João 3:5). Reconhecemos que não somos filhos naturais de Deus e que tornarmos membros da família de Deus, não por vontade própria e sim pela vontade de Deus (João 1:12-13). O homem não justificado, não pode ser adotado por Deus e aquele que mesmo regenerado e justificado (que não entrará mais em condenação), também não tem direito a adoção. Ou vez que, a adoção é um dom de Deus e não vem de qualquer direito nosso, mas, segundo o beneplácito da Sua vontade (Efésios 1:5).

AS MARAVILHAS DA ADOÇÃO

No tempo presente:
-Sermos chamados de filhos de Deus (I João 3:1).
-Fazer parte da família de Deus e ser a imagem do seu Filho (Romanos 8:29).
-Ter responsabilidade de guardar a palavra de Deus (João 14:23-14).
-Ter uma relação íntima com Deus (Gálatas 4:6-7).
-Recebemos a presença e a orientação do Espírito Santo (Romanos 8:14-16).
-Receber a correção amorosa do Pai (Hebreus 12:5 e 11).

No tempo futuro:
-Ser herdeiro de Deus (Romanos 8:17).
-Receber uma herança incorruptível e incontaminável (I Pedro 1:3-5 e I Coríntios 3:21-23).
-Após a glorificação do corpo, ser plenamente manifestado como filho (Romanos  8:19).
-ter o corpo abatido transformado em um corpo glorioso (Filipenses 3:20-21).
-Receber a honra de ser semelhante a Deus (I João 3:2). Isto é, semelhança (aparência), não a divindade.

CONCLUSÃO

Somos gerados unicamente pela vontade de Deus (Tiago 1:18), a semente da qual fomos gerados é incorruptível , portanto, nunca irá corromper –se (I Pedro 1:23). Apesar de não haver qualquer merecimento da nossa parte, seremos filhos e filhas de Deus (II Coríntios 6:18), e nada poderá nos afastar do amor do Senhor Todo-Poderoso (Romanos 8:38-39). Amados, somos adotados na família de Deus, seremos co-herdeiros de Cristo, este fato, proporciona ao crente um conforto imensurável. No presente recebemos incontáveis tipos de bençoes e no futuro teremos a eternidade no paraíso ( sem lágrimas e sem dor) ao lado do Nosso Pai celestial, seremos o seu povo e Ele nosso Deus (Apocalipse 21:3-4).

“E ouvi uma grande voz do céu, que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e o mesmo Deus estará com eles, e será o seu Deus.
E Deus limpará de seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas.”

Esperança-PB,   janeiro de 2015
 Walter Costa
Bibliografia: Bíblia Almeida Fiel e Corrigida- ACF
Soteriologia, a doutrina da Salvação, capitulo de 17- Hélio de Meneses da Silva - livro eletrônico no link: http://solascriptura-tt.org/SoteriologiaESantificacao/index.htm
A Doutrina da Salvação- Soteriologia (páginas 116 a 120) - Calvin Gene Gardner 


domingo, 5 de março de 2017

EDIFICAÇÃO

Resultado de imagem para raiz
OBS: As raízes são estruturas, geralmente subterrâneas, que fixam o vegetal no solo e também absorvem água e sais minerais. Na ponta das raízes encontramos uma estrutura rica em células, chamada de coifa. As células da coifa têm a função de proteger aquela parte da raiz. Além disso, produzem uma substância gelatinosa que lubrifica a coifa, facilitando a penetração da raiz no solo.

Como, pois, recebestes o Senhor Jesus Cristo, assim também andai nele, Enraizados e edificados nele, e confirmados na fé, assim como fostes ensinados, nela abundando em ação de graças. (Colossenses 2:6-7-ACF).

O tema edificação é sem sombras de dúvidas a base estrutural da vida espiritual do crente. A salvação é um ato, porém a edificação é um processo com diversas fases, dentro deste contexto, podemos comparar o salvo a uma árvore na qual Cristo é a raiz principal.  Os crentes como raízes secundárias, só estarão firmes se estiverem arraigados nEle, quando estamos em Cristo temos segurança, pois sabemos que da raiz principal é que brota a vida, o alimento, a produtividade, a graça e contentamento. Neste sentido, quando mais enraizado estiver o crente, mais útil será para a obra do Senhor. O corpo de Cristo (a igreja) quando está bem ajustado e ligado com auxílio de todas as juntas cresce para a edificação (Efésios 4:16-ACF).

      “Mas vós, amados, edificando-vos a vós mesmos sobre a vossa santíssima fé, orando no Espírito Santo, Conservai-vos a vós mesmos no amor de Deus, esperando a misericórdia de nosso Senhor Jesus Cristo para a vida eterna(Judas 20-21-ACF).

Quanto mais profunda a raiz mais forte será a árvore. Porém nenhuma planta nasce forte, ela precisa ser alimentada, adubada para pode crescer forte e saudável. O crente para crescer espiritualmente deve buscar constantemente a edificação. Nunca devemos nos contentar com o nosso conhecimento atual, mas, sempre procurar melhorar, buscando as coisas que servem para paz e edificação (Romanos 14:19 e 15:2- ACF).  Temos que entender que o nosso corpo é um edifício que serve de morada para o Espírito Santo, sendo Cristo a pedra principal (Efésios 2:20-22- ACF).

Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm; todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas edificam.


Por ter uma natureza individualista o homem natural, preocupa-se unicamente com o seu bem estar, não atentando em momento algum para os outros. Mas os crentes, que são os únicos que podem fazer qualquer coisa, pois todas as coisas lhes são lícitas, devem atentar para a liberdade que Cristo lhe proporciona (Gálatas 5:1-ACF), sendo necessário em determinados momentos abrir mão de algo, que a os olhos daquele que a pratica não causará mal nenhum, em troca do bem estar e edificação do irmão, tenha sempre em mente que fazemos parte do corpo de Cristo (I Coríntios 12:12 -ACF).  


Portanto, se trouxeres a tua oferta ao altar, e aí te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti, Deixa ali diante do altar a tua oferta, e vai reconciliar-te primeiro com teu irmão e, depois, vem e apresenta a tua oferta. (Mateus 5:23-24-ACF).

Para uma perfeita edificação é de crucial importância o amor fraternal entre irmãos (I Pedro 1:22-ACF). Relações mal resolvidas, mágoas e queixas contra um irmão, dificultam o nosso relacionamento com Cristo. Como podemos afirmar que amamos a Deus, o qual não enxergarmos e não amamos ao nosso irmão que contemplamos face a face (I João 4:20-21-ACF). Neste contexto, não importa se a culpa e sua ou do irmão, porém o importante e restaurar o relacionamento. Se recebemos de Deus um perdão imerecido, por que não podemos perdoar o nosso irmão.


Antes sede uns para com os outros benignos, misericordiosos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo. (Efésios 4:32 -ACF)


Nunca devemos acha que somos indestrutíveis, pelo contrário necessitamos estar atentos para não cairmos e magoamos o nosso irmão.

Aquele, pois, que cuida estar em pé, olhe que não caia”.
                        (I Coríntios 10:12).


Estudo aplicado no retiro das igrejas batistas bíblicas fundamentalistas.
Fevereiro de 2017.
Walter Costa.




quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

FÉ VIVA.

Imagem relacionada

FÉ VIVA.

Leitura bíblica: Gênesis 22:1-18

Introdução

A fé tem sido ao longo dos tempos a maior riqueza dos filhos de Deus. No estudo de hoje baseado no capítulo 22 de Gênesis, iremos discorrer sobre a fé viva, aquela preciosa que só é alcançada pelos santos (I Pedro 1:1). No capítulo 11 de Hebreus temos o memorial da fé, pela qual os antigos alcançaram o verdadeiro testemunho. Iremos fazer um passeio no capítulo 22 de Gênesis e em vários versículos do novo testamento para aprendermos a fortalecer a nossa fé.

1. O sacrifício da fé. (Gênesis 22-2).  Deus ordena a Abraão oferecer o seu amado filho Isaque em holocausto. Abraão estava pronto para colocar tudo que possuía sobre o altar. Diante desse quadro cabe a seguinte pergunta: será que Deus queria receber Isaque em holocausto ou estava provando a fé de Abraão?  A resposta é obvia, Deus estava testando a fé de Abraão e com certeza irá testar a nossa. O patriarca Abraão saiu do teste aprovado. Agora vamos inverter a pergunta: a nossa fé também será aprovada? Uma fé que não pode ser testada -- não pode ser confiada (I Pedro 1:7). Será que estamos apresentando nosso corpo para o sacrifício vivo a Deus? (Romanos 12:1-2).

2. A obediência da fé. (Gênesis 22-3).  A obediência é talvez a maior prova da fé de um salvo, apesar de estar triste; pensativo e com o coração dolorido Abraão levantou-se de madrugada e foi cumprir a ordem de Deus (Hebreus 11:8). Em toda a Sagrada Escritura termos a ordem de obedecer. Por ordem expressa; comando e conselho daquele Deus que é de eternidade a eternidade, o Santo Evangelho já foi manifestado a todas as nações através da justificação pela justiça de Cristo, termos a remissão dos pecados pelo Seu sangue. Cabe ao pecador remido a obediência da fé. (Romanos 16:26). No que diz respeito a obedecer devemos mais do que nos foi confiado (Filemom 1:21). Nossas almas são purificadas pelo Espírito da obediência (I Pedro 1:22).

3. A esperança da fé, (Gênesis 22-5).  Será que o crente da atualidade teria a confiança que Abraão teve em Deus? Ele sabia que Deus havia prometido que sua descendência seria chamada em Isaque (Gênesis 21:12). Confiante na Palavra do Senhor Abraão levou seu filho para ser sacrificado, crendo que Deus iria ressuscitá-lo (Hebreus 11:18).  Nós devemos ter esta mesma fé, crendo firmemente na promessa de Deus, mesmo naqueles momentos onde tudo parece perdido, nunca podemos perder a esperança, pois quem está em Cristo não pode está confuso (Romanos 5:2-5). Através do Espírito da fé aguardamos a esperança da Justiça (Gálatas 5:5).

4. A perseverança da fé, (Gênesis 22-9).  Abraão permaneceu crendo em Deus, ele perseverou e em momento algum voltou atrás. A fé que falha nos momentos difíceis é considerada incredulidade (Marcos 4:40). O crente bíblico sabe perfeitamente que todas as coisas servem para o nosso bem, mesmo em momentos adversos, quando a esperança tem ido embora devemos permanecer na fé (Romanos 8:28). Perseverar na fé é colocar toda a nossa força em Deus, crer Naquele que nem o seu próprio filho poupou, antes o entregou por todos nós, como nos não dará também com ele todas as coisas (Romanos 8:32).

5. A vitória da fé (Gênesis 22-12).   Apesar de Deus não ter permitido a morte de Isaque, a obediência de Abraão foi como se houvera sacrificado o seu filho a Deus. Quando cremos verdadeiramente tudo é possível (Marcos 9:23), desde que essa seja a vontade de Deus (I João 5:14). Lembre-se a graça de Deus nos dá a vitória (I Coríntios 15:57). A fé é um dom de Deus e através dela nos vencemos o mundo (I João 5:4).

Conclusão

Abraão apesar de sofrer com o holocausto do filho não resistiu à vontade de Deus. Devemos ter esse mesmo pensamento entregar nossa vida nas mãos do Senhor. Ter fé é crer na infalível Palavra de Deus, mesmo contra todas as evidências em momentos negativos continuar crendo e repousar sobre a perfeita; sólida e insuperável proteção do Nosso Pai. Quando Deus colocar o Seu Santo Espírito para morar dentro dos seus filhos, esses são tomados por um desejo imenso de fazer a vontade do Pai, de ser obediente, pois somos guiados pelo Espírito (Romanos 8:14).

Estudo aplicado na IBBF Esperança-PB  2015.
Walter Costa

Bibliografia: Bíblia Almeida Fiel e Corrigida- ACF